Assim como os demais vereadores não foram afastados, o desembargador Jefferson Alves de Assis entendeu que Maradona deve retornar à função